A contra validação para resolver a repartição da riqueza

Portuguese · June 29th, 2021 · 0 corrections · 397 words · 3 min read

O blockchain vem resolver um problema muito importante no universo da informática, mas antes de saltar no asunto, aqui está uma breve explicação do que é está tecnología.

Anteriormente, não tínhamos uma solução para impedir os demais de criar cópias infinitas de algum archivo. Ainda hoje, só precisamos clicar com o botão direito num archivo para escolher a opção de cópia, um verdadeiro jogo de criança.

Então, é cá que chega para o resgate a tecnología blockchain e a sua formula de contra validação de transações subsequentes. Graças a isso, podemos instanciar chaves de criptografia para cada transaçao que garantam as suas autenticidades, que elas sejam anterioras ou futuras. Isso também permite garantir a unicidade dos elementos na cadeia e impede a um agente estrangeiro de modificar as transações anteriores. Portanto, isso significa que podemos criar escassez digitalizada.

Até agora, só existem moedas que replica o que já temos na vida real, é dizer, uma representação monetária dos esforços físicos e mentais necessários para conseguir o que queremos comprar. Isso pode parecer obvió, no sentido que precisamos de um meio de troca entre seres humanos, mas do outro lado isso fica precisamente um artefato do passado. É um pouco como voltar o pedaço de papel no computador como fizemos com o PDF. Não tem sentido e fizemo-lo só para ajudar os demais a migrar à nova e melhora maneira de fazer.

Agora, as pessoas são gananciosas e isso é o resultado de um sistema capitalista onde o enriquecimento abusivo é possível e encorajado. Do outro lado, criar um novo sistema baseado sobre um equilibro das riquezas, sem favoritismo e onde todos podem desfrutar de um modo de vida resonavel, precisa de uma mudança drástica demais.

Proponho uma solução de micronação baseada num blockchain onde cada possessão está registrada numa cadeia pública e um sistema de governança tecnocrática que permite uma evolução constante da lógica de alocação de riqueza.

Certo, é rebuscado e seguramente impossível nas limites da nossa geração, mas acho que teria ser um objetivo coletivo de revisar as nossas valores sociais para aceitar que a herança do passado não deveria só enriquecer uma linhagem única de pessoas mimadas.


Leave a Reply


More from this author

0

corrections

0

comments

Bem, não sei o que escrever hoje. Às vezes ocorre, não? Do outro lado, ontem falhei o meu primeiro dia de jejum, mas não me preocupo por isso, já que vou fazer simplesmente mais que posso, e aí está! Ainda consegui vinte-e-três horas de jejum consecutivos, não é mau. A parte disso, é a sexta-feira e tirei […]

Portuguese
Intermediate

0

corrections

0

comments

Tinha como objetivo de escrever todos os dias durante um mês para ver como isso me ajudaria com o aprendizagem da língua Portuguesa, e posso dizer que consegui uma velocidade e integrei várias palavras e expressões. Continuarei com este método por os próximos cinco meses talvez, e depois volverei ao italiano para chegá-lo a um […]

Portuguese
Intermediate

0

corrections

0

comments

Amanhã começo um jejum que espero, demorará ao menos três dias. Tentarei fazer o máximo que o meu corpo me permite, mas se consigo fazer duas semanas, não terei que provar nada mais a mim mesmo. Quando alguém faz um jejum, existem alguns problemas que possam prejudicar aos esforços que invistam para conseguir este objetivo. […]

Portuguese
Intermediate